Cláudia Sofia Santiago Ribeiro Vaz

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

DADOS PESSOAIS

Cláudia Sofia Santiago Ribeiro Vaz
Professora Auxiliar

 

Contactos
e-Mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript ativado para o visualizar ;

 

FORMAÇÃO ACADÉMICA

Doutoramento em Ciências Sociais, na especialidade em Antropologia Cultural, ISCSP-UTL (2008)

Mestrado em Ciências Antropológicas, ISCSP-UTL (2001)

Licenciatura em Antropologia, ISCSP-UTL (1991-95)

 

ACTIVIDADE DOCENTE

bullet_red 1.º Ciclo - Métodos Qualitativos Aplicados à Antropologia; Etnografia e Trabalho de Campo; Métodos Qualitativos para a Ciência Política; Métodos Quantitativos Aplicados à Antropologia; Ensaio Final/Estágio (Antropologia); Seminário (AP)

bullet_red 2.º Ciclo - Métodos Avançados em Antropologia; Comunidades Africanas em Portugal

bullet_red 3.º Ciclo - Seminário I - Projecto de Investigação (Antropologia); Métodos Qualitativos e Quantitativos (Desenvolvimento Sócio-Económico); Análise Quantitativa e Quantitativa (Desenvolvimento Sócio-Económico)

 

ACTIVIDADE DE INVESTIGAÇÂO

Investigadora integrada do CAPP/ ISCSP

Projecto (2005/ 2006), Migrações e relações sociais de género na área metropolitana de Lisboa : as mulheres das comunidades étnicas - SAPIENS PROJ , FCT Nº 49810 /2005-2006 artigo : "Mulheres Cabo-verdianas em Portugal"

Projecto (2009/2012) SHARP: a platform for SHaring and Re/Present, enquadrado e financiado pela União Europeia, ao abrigo da Direcção Geral da Educação e Cultura e do Lifelong Learning Programme.


 

PUBLICAÇÕES

Kova-M forever: samplagens da zona. Identidades de jovens da Cova da Moura, Tese conducente à obtenção do grau de Doutora em Ciências Sociais, na especialidade em Antropologia Cultural, Lisboa, ISCSP/UTL , 2008

Afinal , quem sou eu? A identidade de crianças de origem cabo-verdiana em espaço escolar, ISCSP/UTL, 2006


 

REFERÊNCIAS ADICIONAIS

Colaborou com a Associação Cultural do Moinho da Juventude (Cova da Moura) num projecto com mães adolescentes (2004) e desde então tem desenvolvido uma série de experiências etnográficas no bairro.

Orientação de teses de Licenciatura e de Mestrado


ISCSP

23

Janeiro