Seja pró-ativo

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

Seja Pró-Ativo!

 

O Gabinete de Saídas Profissionais tem como uma das suas missões a integração dos alunos do ISCSP no mercado de trabalho, dando apoio na procura e na formalização de Estágios Curriculares, de Inserção na Vida Ativa e Profissionais.
A procura de emprego ou estágio exige, da parte do candidato, algum trabalho e muito empenho. É igualmente importante reter que realizar um estágio não remunerado ou trabalho voluntário em alguma organização pode revelar-se importante para a construção de um bom currículo. Escolha organizações que lhe despertem interesse ou onde considera ter a hipótese de continuar a trabalhar, exercendo uma atividade remunerada. Procure empresas utilizando os websites de pesquisas da Internet, empregando palavras-chave e filtrando por cidade ou país.
Ser pró-ativo implica desenvolver uma postura perseverante e uma atitude de êxito para conseguir emprego e para se aceder à profissão. Todos os recém-diplomados enfrentam algumas dificuldades até conseguirem um emprego, de forma que procurar ativamente é impreterível. A fim de auxiliar na sua procura, sugerimos que consulte alguns dos seguintes sítios da Internet que o podem ajudar na obtenção de informação profissional a nível nacional e internacional.

 

- Lista de sites nacionais;

- Lista de sites internacionais.

 

A abordagem ao mercado de trabalho deve ser feita de forma ativa, persistente e organizada.

 

O Curriculum Vitae (CV) e a Carta de Apresentação são o "cartão-de-visita" e os responsáveis pela primeira impressão do candidato junto da entidade empregadora.

Um CV bem feito e uma Carta de Apresentação apelativa podem abrir as portas de um novo emprego.

 

 

bullet_red Para elaborar o seu CV (PT), visite https://europass.cedefop.europa.eu/europass/home/vernav/Europass+Documents/Europass+CV.csp?loc=pt_PT, onde também irá encontrar as instruções de preenchimento;

 


bullet_red Carta de Candidatura Espontânea

 

O envio de candidaturas a empregos é uma das formas mais eficazes de chamar a atenção para o seu potencial.

 

O que é uma candidatura espontânea

Uma candidatura espontânea consiste em enviar, espontaneamente, o seu Curriculum Vitae (CV) a uma série de empresas previamente definidas por si. Este processo consiste numa pesquisa de empresas onde a sua experiência e/ou a formação académica se enquadrem.

 

Principais objectivos da candidatura espontânea

1. Suscitar o interesse do empregador;

2. Chamar a atenção para o Curriculum Vitae;

3. Mostrar o seu interesse e motivação em relação ao posto de trabalho e à empresa;

4. Ultrapassar a primeira etapa, a marcação de uma entrevista e, só depois, a obtenção de um emprego.

 

Porque fazer uma candidatura espontânea

Uma grande percentagem dos empregos não é divulgada por anúncio. As grandes empresas recrutam cerca de 40% do seu pessoal através das candidaturas espontâneas. Para além disso:

1. Mostra iniciativa: o facto de enviar uma candidatura a uma empresa, sem que isso tenha sido previamente solicitado, irá mostrar ao potencial empregador que o candidato tem capacidades para encontrar soluções para além das mais evidentes;

2. Aumenta as hipóteses: semanalmente o número de anúncios compatíveis com as suas qualificações e experiência é limitado, daí que o envio de candidaturas espontâneas aumente bastante as possibilidades de encontrar um emprego;

3. Alarga a outras áreas: quando não se possuem todas as qualificações exigidas pelos anúncios.

 

Como fazer uma carta de candidatura espontânea

Uma carta de candidatura deve incluir as seguintes partes com os seus respetivos conteúdos:

Cabeçalho: deve incluir a identificação do candidato e da empresa a que se dirige, que pode ser o Diretor de Recursos Humanos ou o Diretor Geral, no caso de empresas de menor dimensão ou mais centralizadas;

Introdução: começa por estabelecer o motivo do contacto, expressando o seu interesse pela atividade desenvolvida pela empresa assim como pelo tipo de trabalho que pretende fazer;

Desenvolvimento: no corpo da carta devem estar explícitas as competências, qualificações e experiências que se adequam ao trabalho a desempenhar e a forma como poderá desenvolver a sua atividade no contexto daquela empresa em especial;

Conclusão: deve referir novamente a disponibilidade para ser contactado pela empresa para qualquer prova ou entrevista mencionando a melhor forma de estabelecer esse contacto.

Deverá escrever uma carta de Candidatura Personalizada para cada empresa e enviá-la com o seu CV, esperando contacto posterior. A chave de uma candidatura espontânea é saber dirigi-la para a empresa certa, para o destinatário, o mais personalizada possível, oferecendo serviços específicos e referindo as principais competências para o seu desempenho.

 

bullet_red Veja de seguida um exemplo de uma Carta de Candidatura Espontânea.

separador_txt_B

 

Rui Rodrigues

Rua D. António Gomes, 280

8250-600 Lisboa

 

 

Exmº Sr. Diretor do

Departamento de Recursos Humanos

XXXX (nome da empresa)

Travessa Teixeira da Silva, nº 19

1545-553 Lisboa

 

Lisboa, 18 de Junho de 2010

 

 

Acabo de me licenciar em Relações Internacionais, no Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa.

No momento, procuro um espaço de trabalho onde possa desenvolver e aprofundar a formação já iniciada no curso mencionado, razão pela qual me candidato a uma possível vaga na instituição que V. Ex.ª dirige.

Gostaria de, numa entrevista pessoal, poder prestar outras informações que penso serem relevantes para a minha candidatura.

Junto envio o meu curriculum vitae para vossa apreciação.

Agradecendo antecipadamente a atenção que possam dispensar-me, apresento os melhores cumprimentos.

 

Rui Rodrigues

 

 

Anexo: Curriculum Vitae

 

separador_txt_B

 

bullet_red Carta de Resposta a Anúncio

 

A carta de apresentação é, na maioria dos casos, o primeiro contacto entre empregador e o candidato pelo que a sua elaboração deverá revestir-se de cuidados especiais.

A carta de apresentação deverá ser usada em duas situações:

- candidaturas espontâneas;

- e resposta a ofertas/anúncios de emprego.

 

Ao responder a um anúncio, respeite sempre o formato solicitado pelo empregador (carta, e-mail ou outro). A carta de apresentação deve ser sempre acompanhada do Curriculum Vitae, mesmo que o anúncio não lhe faça expressamente referência.

 

Qualquer que seja a forma adoptada, a carta de apresentação/motivação deve ser considerada uma ferramenta de marketing pessoal. Assim, a elaboração deste documento deve cumprir algumas regras básicas, para garantir a máxima eficácia:

- Identificação pessoal (nome, morada, telefone e e-mail);

- Identificação do destinatário;

- Referência ao anúncio a que responde (nome do jornal, data de publicação, eventualmente o nº de referência do anúncio);

- Alusão à função a que se candidata;

- Exposição e enumeração das motivações inerentes à candidatura, articulando-as com o que conhece da entidade empregadora;

- Manifestação de disponibilidade para provas ou entrevistas;

- Despedida formal, data e assinatura.


Veja de seguida um exemplo de uma carta de resposta a um anúncio.

separador_txt_B

 

João Carlos de Pinho Rodrigues

Rua da Memória, Nº20

3800 – 109 Lisboa

Telefone

Móvel

E-mail

 

Lisboa, 5 de Junho de 2010

 

 

Exmo. Sr. Dr. Carlos Martinho,

 

Em resposta ao vosso anúncio, com a referência XXXX, publicado no jornal XXXX, no dia 4 de Junho de 2010, anunciando uma vaga de Técnico Superior, venho apresentar a minha candidatura.

Tenho 22 anos e sou Licenciado em Ciências da Comunicação pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Estive a estagiar numa empresa ligada à Comunicação, o que me permitiu adquirir uma experiência prática apreciável, favorecendo o desenvolvimento das competências adquiridas ao longo da minha formação.

Sou uma pessoa responsável, capaz de trabalhar em grupo ou sozinho e de forma organizada. Nas diferentes atividades que desenvolvi dei provas de flexibilidade e capacidade de iniciativa, como poderá verificar mais detalhadamente no meu Curriculum Vitae que segue em anexo.

Estou disponível para uma entrevista e agradeço o interesse que a minha candidatura lhe possa merecer.

Na esperança de o ver em breve, aceite a expressão dos meus respeitosos cumprimentos.

 

 

João Carlos de Pinho Rodrigues

 

Anexo: Curriculum Vitae

separador_txt_B

 

Mais...

separador_txt_A

 

 

24

Novembro