ISCSP apresenta Pós-Graduação em Estudos da Ásia-Pacífico

Atenção, abrirá numa nova janela. PDFVersão para impressãoEnviar por E-mail

O ISCSP apresenta a Pós-Graduação em Estudos da Ásia-Pacífico, um dos novos cursos disponibilizados no ano letivo de 2017/2018.

 

Inserida na área de Estudos Políticos e Estratégicos, esta pós-graduação pretende proporcionar uma formação avançada e interdisciplinar, no quadro dos Estudos de Área sobre uma zona específica do globo: a Ásia Oriental e o Sudeste Asiático. Esta formação centrar-se-á numa abordagem das duas grandes potências da zona, a China e a Indonésia, bem como nos estudos de caso que resultam das relações históricas de Portugal com a zona em questão, especificamente através de Macau e Timor-Leste. O curso tem, assim, como objetivo proporcionar um conhecimento suficientemente complexo da área em questão.

 

Esta Pós-Graduação socorre-se de uma tradição de longa data, de pesquisa e de experiência de cooperação que o ISCSP, uma Escola com 111 anos de atividade, desenvolveu na zona ao longo da história colonial e desenvolve ainda na atualidade, através de atividades de investigação, consultoria e formação avançada. A formação inscreve-se no quadro de investigação do Instituto do Oriente (IO), um dos centros de investigação do ISCSP. Finalmente, a formação é realizada em cooperação com professores do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (ICS-ULisboa) e de outras universidades e instituições.


O curso cruza conhecimentos científicos muito diversos, inscrevendo-se na tradição dos Estudos de Área como um curso verdadeiramente interdisciplinar. Especificamente procura-se estabelecer relações específicas entre as Relações Internacionais e a Ciência Política por um lado, e a Sociologia e a Antropologia por outro, proporcionando visões e análises de escalas diferenciadas, entre o macro e o micro. Este diálogo propõe-se como uma metodologia adequada à compreensão das alteridades, identificando problemáticas geo-estratégicas e de relações internacionais e de construção dos estados cuja compreensão é maior em função da análise e compreensão das culturas, enquanto estruturas práticas de significação, sendo estas últimas também mais compreensivas em função das primeiras.

 

A Pós-Graduação em Estudos da Ásia-Pacífico não sendo um curso de formação específica para a cooperação ou o investimento externo nesta área do globo, proporciona um conhecimento alargado e a partir de professores com experiência específica nesta zona a vários níveis, não só de investigação, mas também de cooperação técnica. Assim, esta formação propicia um conhecimento aprofundado, baseado não só na evidência científica mas também na experiência de vida em países e regiões concretas desta área do globo, representando uma mais-valia a quem pretende vir a trabalhar na zona da Ásia-Pacífico.

 

Esta formação desenvolve-se segundo dois eixos científico-pedagógicos que se cruzam: o primeiro de valências interdisciplinares reflexivo-estratégicas (da Ciência Política e Relações Internacionais à História, Antropologia e Sociologia) e o segundo de valências relativas ao conhecimento específico da área da Ásia-Pacífico (especificamente centrando-se na China, na Indonésia e casos da experiência lusa nesta área do globo). Ambos os eixos orientaram criteriosamente a seleção dos diversos professores. As valências são aplicadas ao desafio da promoção dos estudos de área proporcionando mais pesquisas e crescente cooperação com esta área do globo que está em pleno desenvolvimento. O Projeto de Investigação pretende-se, assim, que se constitua como a elaboração e formulação de uma proposta viável e útil para o estudo e ou a cooperação com as comunidades territoriais e/ou suas instituições desta zona do globo.

 

As candidaturas à 1.ª edição da Pós-Graduação em Estudos da Ásia-Pacífico estão abertas até ao dia 30 de setembro de 2017. Saiba mais sobre este curso e candidate-se, aqui.

 

1a edicao pos-graduacao estudos asia pacifico

20

Agosto