Junta Provisional do Governo Supremo do Reino

Junta Provisional do Governo Supremo do Reino e Junta Provisional Preparatória das Cortes

Desde 27 de Setembro de 1820 (fusão das juntas em Alcobaça)

 

Na junta do governo, o presidente é o Principal decano Gomes Freire de Andrade (Lisboa) e o vice-presidente António da Silveira (Porto).

 

Os deputados da mesma são

·Hermano José Braamcamp do Sobral

·Manuel Fernandes Tomás,

·Frei Francisco de São Luís

·José Joaquim Ferreira de Moura

·Conde de Penafiel

 

Era assistida  pelos seguintes ministros ou encarregados de negócios:

·Manuel Fernandes Tomás, ajudado por Ferreira Borges e Silva Carvalho (reino e fazenda);

·Hermano José Braamcamp do Sobral, ajudado por Roque Ribeiro de Abranches Castelo Branco (negócios estrangeiros que se separa das matérias da guerra); substituído por António da Silveira Pinto da Fonseca, Visconde de Canelas, em 13 de Novembro de 1820

·Tenente-general Matias José Dias Azedo, ajudado por Bernardo Correia de Castro e Sepúlveda (guerra e marinha).

·José Joaquim Ferreira de Moura.

 

Ao mesmo tempo estabelece-se uma Junta Preparatória das Cortes, com

·Barão de Molelos

·Bento Pereira do Carmo

·Bernardo Sepúlveda

·Conde de Resende

·Conde de Sampaio

·Filipe Ferreira de Araújo e Castro

·Francisco de Lemos Bettencourt

·Francisco de Sousa Cirne de Madureira

·Francisco Gomes da Silva

·Francisco José de Barros Lima

·João da Cunha Souto Maior

·Joaquim Pedro Gomes de Oliveira

·José da Silva Carvalho

·José de Melo e Castro Abreu

·José Ferreira Borges

·José Manuel Ferreira de Sousa e Castro

·José Maria Xavier de Araújo

·José Nunes da Silveira

·Luís Pedro de Andrade Brederode

·Manuel Vicente Teixeira de Carvalho

·Pedro Leite Pereira de Melo

·Sebastião Drago Valente Brito Cabreira