Saltar para o conteúdo principal

Doutoramentos (3.º ciclo)

Candidaturas a cursos de Doutoramento - Ano letivo 2024-25

O ISCSP confere o grau de doutor nos seguintes ramos do conhecimento:

    • Administração Pública
      •  Especialidade em Administração da Saúde
      •  Especialidade em Administração e Políticas Públicas
    • Ciência Política
      •  Especialidade em Teoria e Análise Política
      •  Especialidade em Estudos Políticos e Estratégicos
    • Ciências da Comunicação
    • Política Social
    • Políticas de Desenvolvimento de Recursos Humanos
    • Relações Internacionais


O ISCSP-ULISBOA, em conjunto com outras Instituições de Ensino Superior, confere o grau de doutor nos seguintes ramos do conhecimento:

          • Antropologia - No ano letivo de 2024-2025, a instituição anfitriã é o ICS-ULISBOA. Para informações específicas sobre programa de Doutoramento em Antropologia consultar: https://doutoramento.antropologia.ulisboa.pt/.

          • Ciências da População - No ano letivo de 2024-2025, a instituição anfitriã é o ISCSP-ULISBOA. Para informações específicas sobre programa de Doutoramento em Ciências da População consultar: http://www.phdpopulationsciences.ulisboa.pt/ 

          • Ciências da Sustentabilidade  - Para informações específicas sobre programa de Doutoramento em Ciências da Sustentabilidade da Universidade de Lisboa consultar:https://csustentabilidade.ulisboa.pt/

          • Estudos de Género - No ano letivo de 2024-2025, a instituição anfitriã é o ISCSP-ULISBOA. Para informações específicas sobre programa interuniversitário de Doutoramento em Estudos de Género consultar: https://www.iscsp.ulisboa.pt/pt/cursos/oferta-graduada/doutoramentos/estudos-de-genero

          • Sociologia
            - No ano letivo de 2024-2025, a instituição anfitriã é o ISEG-ULISBOA. Para informações específicas sobre programa interuniversitário de Doutoramento em Sociologia consultar: https://opensoc.pt/

As informações seguintes não são aplicáveis aos cursos do ISCSP em conjunto com outras Instituições de Ensino Superior.

 

Fases de candidatura e prazos

1ª Fase

Prazo

3 de janeiro a 29 de fevereiro de 2024

Resultados

15 de março de 2024

Matrícula

18 a 28 de março de 2024

2ª Fase

Prazo

1 de março a 30 de abril de 2024

Resultados

15 de maio de 2024

Matrícula

20 a 31 de maio de 2024

3ª Fase

Prazo

1 de maio a 30 de junho de 2024

Resultados

15 de julho de 2024

Matrícula

17 a 31 de julho de 2024

4ª Fase

Prazo

1 de julho a 4 de setembro de 2024

Resultados

13 de setembro de 2024

Matrícula

16 a 30 de setembro de 2024

A abertura de uma 4ª fase está condicionada à existência de vagas sobrantes da 3ª fase.

 

Vagas fixadas 

Nome do Curso

1.ª Fase

2.ª Fase

3.ª Fase

Administração Pública

 -

-

 17

Ciência Política

-

-

 15

Ciências da Comunicação

-

-

20

Políticas de Desenvolvimento de Recursos Humanos

-

-

15

Política Social

-

-

18

Relações Internacionais

-

-

14

 As vagas sobrantes de cada fase transitam para a fase seguinte.

O funcionamento de cada curso está condicionado à matrícula de um número mínimo de 10 estudantes admitidos.

Regras sobre a admissão ao ciclo de estudos

Podem candidatar-se ao acesso ao ciclo de estudos conducentes ao grau de doutor:

          • Os titulares do grau de mestre ou equivalente legal;
          • Os titulares de grau de licenciado, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante e que seja reconhecido pelo Conselho Científico como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos;
          • A título excecional, os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido pelo Conselho Científico como atestando capacidade para a realização deste ciclo de estudos. 

 

Processo de candidatura

Candidaturas exclusivamente online através do FenixEdu: https://fenix.iscsp.ulisboa.pt.

Caso já possua uma conta no ISCSP deverá utilizar as suas credenciais My ISCSP para realizar a candidatura.

Acesso através do My ISCSP (PDF) (1.10 MB)

Caso já possua uma conta da Universidade de Lisboa deverá utilizar as suas credenciais ULISBOA para realizar a candidatura.

Acesso através da Conta de utilizador ULisboa (PDF) (0.88 MB)

Caso nunca tenha sido aluno/a do ISCSP, deverá realizar o registo em: https://fenix.iscsp.ulisboa.pt/accountCreation.

Instruções de acesso às candidaturas para candidatos externos (PDF) (0.73 MB)

 

Documentação necessária:

  • Certificado/diploma de conclusão do grau de Licenciatura ou Mestrado e cursos de formação pós-graduada;
  • Carta de Motivação, expondo as razões de escolha do curso e indicação de proposta de tema a desenvolver na Tese, fundamentada;
  • Duas cartas de recomendação, explanando o contexto do relacionamento académico e/ou profissional com quem recomenda e a adequação do perfil do candidato ao curso pretendido;
  • Curriculum Vitae;
  • Documento de identificação (Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão ou Passaporte);
  • Cartão de identificação fiscal.

Os candidatos graduados no ensino superior estrangeiro devem assegurar que os certificados ou diplomas encontram-se autenticados com a Apostilha de Haia e que mencionam a informação da classificação final da conclusão do grau e a escala respetiva.

Caso os certificados não possuam tal informação, devem apresentar uma declaração da instituição de ensino superior de origem ou da Embaixada desse país com a devida conversão de classificação final para o sistema de 0-20.

Taxa de candidatura: 100,00€ (cem euros) por curso a que se candidata. Não há lugar à devolução da taxa, caso a candidatura seja excluída ou não admitida.

O processo de candidatura é gerido administrativamente pelo Núcleo de Apoio aos Mestrados e Doutoramentos.

E-mail: doutoramentos@iscsp.ulisboa.pt         Telefone: (+351) 213 619 431

Critérios de análise e seriação das candidaturas

A análise e seleção das candidaturas é efetuada no FenixEdu pela Unidade de Coordenação onde se enquadra o ciclo de estudos, aplicando os critérios seguintes:

Dimensão I. Adequação da formação anterior
a. Qualidade e grau de afinidade da formação anterior com o curso.

          • Instituição que conferiu o último grau obtido.
          • Afinidade do último grau obtido com a área científica do curso a que se candidata.

b. Desempenho no último grau obtido.

          • Classificação final do último grau obtido.

Dimensão II. Análise curricular
a. Percurso académico de pós-graduação:

          • Frequência certificada de cursos de formação pós-graduada e não conferente de grau, pertinentes para a área científica em questão;

b. Trajetória profissional:

          • Duração e relevância da experiência profissional;
          • Cargos de liderança e coordenação profissional (gestão de topo ou intermédia, coordenação de equipas projetos periciais, etc.);
          • Experiência internacional no âmbito de equipas de trabalho ou projetos profissionais;
          • Prestação de altos serviços à sociedade na área em que se candidata (funções governamentais, liderança de ONG’s; títulos e prémios honoríficos, etc.), com trabalho reconhecido como relevante para a generalidade da população.
          • Cartas de recomendação;


c. Atividade e produção científica:

          • Produção científica e/ou pedagógica relevante para a área (working papers divulgados pela academia, artigos, livros, capítulos de livros, publicados no país e no estrangeiro);
          • Participação em congressos nacionais e/ou internacionais (n.º e relevância);
          • Filiação e participação em associações científicas (n.º e relevância);
          • Participação em projetos de investigação científica enquadrados academicamente e financiados (n.º e relevância);
          • Reconhecimento do estatuto de especialista pela comunidade científica e académica (orador em encontros, conferências, seminários, etc.);
          • Carta de motivação e proposta de tema de tese;
          • Cartas de recomendação.

Sempre que considerado útil pode ser solicitada uma entrevista ao candidato.

No caso dos candidatos titulares do grau de licenciado a Dimensão II assume um maior peso no cálculo da classificação final do candidato.

No caso dos candidatos não titulares de grau é considerada apenas a Dimensão II.

Só serão consideradas para efeitos de admissão as candidaturas com classificação superior a 3, numa escala de classificação de 0 a 5.

 

Matrícula e inscrição

A realização da matrícula implica o pagamento da 1.ª prestação da propina no valor de 700,00€ (setecentos euros), da taxa de matrícula e do seguro escolar, não havendo lugar à sua devolução em caso de posterior desistência/anulação da inscrição. 

No processo de inscrição às unidades curriculares, a realizar em setembro de 2024, é escolhido o regime de frequência.

Calendário letivo

O ano letivo de 2024-2025 decorrerá de setembro de 2024 a julho de 2025.

Este website usa cookies para otimizar a sua navegação.Ler mais Concordar