Saltar para o conteúdo principal

Supervisão e Desenvolvimento Profissional em Serviço Social na Área do Envelhecimento

1.ª Edição

Apoiar profissionais em contextos críticos de envelhecimento das populações.

1.ª Edição início :Final de outubro

Propinas:€2200

Créditos:60

Candidaturas :4 de abril a 30 de setembro de 2022

Coordenação

Coordenação Científica

Maria Irene Carvalho
Maria Irene Carvalho

Maria Irene Carvalho

Professora Associada do ISCSP-ULisboa

Coordenação Executiva

Carla Ribeirinho
Carla Ribeirinho

Carla Ribeirinho

Professora Auxiliar Convidada do ISCSP-ULisboa

Objetivos

Este curso de pós-graduação insere-se na estratégia da Universidade de Lisboa de incrementar a percentagem de graduados na população, dinamizando a formação ao longo da vida e fomentando atividades de desenvolvimento profissional de acordo com o objetivo de convergência com a Europa.

Portugal enfrenta um envelhecimento muito acentuado da sua população, confirmando uma tendência demográfica mais vasta a nível europeu. Este padrão demográfico reflete-se num aumento acentuado das necessidades relativas a cuidados básicos, autonomia e saúde, envelhecimento ativo, participação cívica e inclusão na comunidade, que colocam, por sua vez, fortes exigências aos profissionais que intervêm nestes domínios.

Tem também vindo a ser evidente que o problema do envelhecimento, pela sua complexidade, deverá ter respostas de nível local cada vez mais integradas. É o caso de iniciativas como as que concebem e implementam Planos Estratégicos de Envelhecimento Sustentável, enquanto dispositivos de governação integrada, mobilizando redes de parceiros e profissionais. Um aspeto importante destes planos prende-se com a qualificação das organizações parceiras e a promoção do desenvolvimento do capital humano, no sentido de melhorar a qualidade da intervenção na área do envelhecimento. Em particular, é relevante que se criem dispositivos de formação em supervisão para apoio aos profissionais na prevenção das situações de stress e burnout e/ou em situações que envolvam problemas éticos na intervenção social.

O objetivo central desta pós-graduação é, assim, proporcionar a aquisição de competências que melhorem a qualidade do desempenho profissional no contexto dos planos estratégicos de envelhecimento ativo e sustentável desenvolvidos a nível local. Pretende-se potenciar o desenvolvimento pessoal e profissional e a resiliência dos profissionais ao nível da intervenção no envelhecimento; desenvolver capacidades de supervisão que qualifiquem os profissionais para a melhoria da intervenção social; promover a reflexividade crítica a partir das necessidades suscitadas pela prática profissional.

Destinatários

O curso é dirigido a licenciados, assistentes sociais e outros profissionais com funções de intervenção social em organizações públicas centrais e locais e em instituições não lucrativas com responsabilidades de direção, coordenação e intervenção social na área social, saúde e outras.

Este website usa cookies para otimizar a sua navegação.Ler mais Concordar