Saltar para o conteúdo principal

Administração Pública (especialização em Administração e Políticas Públicas)

21 setembro 2018

Duração 3 Anos

Coordenação

João Ricardo Catarino
João Ricardo Catarino

João Ricardo Catarino

Professor(a) Catedrático(a)

Piso 3 - Gabinete 76
Ricardo Ramos Pinto
Ricardo Ramos Pinto

Ricardo Ramos Pinto

Professor(a) Associado(a)

Piso 3 - Gabinete 44

Objetivos

Objetivos gerais para o ciclo de estudos:

O Doutoramento em Administração Pública visa:
a) Consolidar o conhecimento científico em Ciência da Administração e Políticas Públicas;
b) Providenciar formação avançada de excelência orientada para a aquisição de conhecimentos que potenciem a eficácia e eficiência na ação pública;
c) Desenvolver investigação em Administração e Políticas Públicas, mediante a inserção dos doutorandos em projectos de investigação, designadamente no Centro de Administração e Políticas Públicas, bem como em redes de investigação com instituições congéneres;
d) Incentivo à publicação e participação em eventos nacionais e internacionais.
e) Dar continuidade aos cursos do I e II Ciclos em Administração Pública do ISCSP (Licenciatura em Administração Pública, Licenciatura em Administração Pública e Políticas do Território, Mestrado em Administração Pública e Mestrado em Gestão e Políticas Públicas).

Objetivos de aprendizagem (conhecimentos, aptidões e competências) a desenvolver pelos estudantes:

O doutoramento visa desenvolver competências de investigação e de análise crítica que potenciem as capacidades dos doutorandos para a realização de trabalho de investigação independente, assim como a sua aptidão para a reflexão, tomada de decisão e intervenção no plano da governação.

No decurso do programa doutoral espera-se que os discentes produzam uma tese correspondente aos mais elevados padrões de qualidade; que revelem capacidade para interpretar e compreender a realidade em que atuam, recorrendo a um conjunto de conhecimentos sistematizados emergentes da Ciência da Administração; e que desenvolvam capacidades de comunicação, interação e intervenção na comunidade, que se possam traduzir em alavancas de transformação dos sistemas de governação, atendendo às metas do bem-estar social e competitividade, na sociedade do conhecimento.

Este website usa cookies para otimizar a sua navegação.Ler mais Concordar