Saltar para o conteúdo principal

Voto antecipado em Mobilidade – Legislativas 2019

As eleições para a Assembleia da República 2019 estão marcadas para o dia 6 de outubro de 2019 e todos os cidadãos de nacionalidade portuguesa que prevejam não poder exercer o exercício de voto no dia 6, vão poder fazê-lo antecipadamente. Em cada capital de distrito e em cada uma das ilhas das Regiões Autónomas irá haver uma mesa de voto antecipado.

A inscrição deverá ser feita entre os dia 22 e 26 de setembro, no portal https://www.votoantecipado.mai.gov.pt, ou por via postal, dirigida ao Secretário-Geral do Ministério da Administração Interna (Praça do Comércio, Ala Oriental, 1149-015 Lisboa), indicando a mesa de voto que escolheu, o nome completo, a data de nascimento, o número de identificação civil, a morada e o endereço de correio eletrónico ou contacto telefónico. No momento de voto será necessário apresentar o documento de identificação civil e indicar a freguesia em que está recenseado. Ao eleitor será entregue um boletim de voto e um envelope branco, onde deverá ser colocado o boletim depois de exercer o direito de voto. Este envelope é colocado dentro de um outro, que é fechado e protegido com uma vinheta cujo duplicado é entregue ao eleitor.

Para os Investigadores, Bolseiros e Estudantes deslocados no Estrangeiros em instituições de Ensino Superior, unidade de investigação ou equiparada reconhecida pelo ministério competente, também existirá a possibilidade de voto antecipado. Neste caso, o direito de sufrágio poderá ser exercido entre os dias 24 e 26 de setembro de 2019, nas representações diplomáticas, consulares ou nas delegações externas das instituições públicas portuguesas, previamente definidas pelo Ministério dos Negócio Estrangeiros. O eleitor deve levar o Cartão de Cidadão, Bilhete de Identidade ou outro documento identificativo, como carta de condução ou passaporte.

Para mais informações deve consultar o Portal do Eleitor.

Este website usa cookies para otimizar a sua navegação.Ler mais Concordar